top of page

ATIVO FIXO / BEM PERMANENTE


O QUE É UM ATIVO IMOBILIZADO?



Você sabe quando o bem é um imobilizado ou não?
Como devo cadastrar um ativo imobilizado?
Qual a diferença do ativo virtual e definitivo?

Essas e outras perguntas responderemos no texto abaixo, confira.

Ativo imobilizado

São todos os bens móveis e imóveis adquiridos, necessários à exploração ou manutenção da atividade da empresa, que geram benefícios econômicos futuros.


Que possua valor de aquisição superior a R$ 2.500,00 (admitidos pela empresa) e que também tenha expectativa de vida útil superior a 12 meses , ou seja, bens duráveis.


Intangível

Já os intangíveis são os bens incorpóreos (não físicos), necessários à exploração da atividade da empresa, que geram benefícios econômicos futuros independente de ter vida útil definida ou não. Exemplo: Softwares.


Quando não será um ativo imobilizado?

Os bens de pequeno valor que não atendam aos critérios mencionados anteriormente, e que geralmente são custos de manutenção da operação da empresa. Exemplo: Bens de pequeno valor (abaixo de R$ 2.500,00), e/ou os bens não duráveis que não podem ser monitorados com segurança.


Depreciação

Os ativos imobilizados sofrem a perca do seu valor conforme utilização e tempo, essa diminuição do seu valor contábil se chama Depreciação, que é reconhecida mensalmente como despesa no resultado da empresa, diferente dos itens que não são imobilizados que já entram como despesas em sua aquisição.


Imobilizados em Andamento

Existem também os Ativos imobilizados em andamento/construção, que conhecemos como Projetos, estes recebem itens genéricos durante sua fase de construção, mas no encerramento, o conjunto final será um imobilizado.

Os exemplos mais comuns são obras de construção, ampliação, reconstrução de estruturação, instalações, máquinas em fase de construção, ou seja, que ainda não estão prontos para a operação.

E todos os custos diretamente relacionados a obra, deve ser compostos no seu valor final no momento do encerramento e imobilização.


Ainda ficou em duvida?


Vamos para alguns exemplos:


Classes de Imobilizado e (Intangível)


Não Imobilizados


Procedimento de Cadastro do Ativo (AT)

Atualmente os ativos devem ser cadastrados através de solicitação para o Patrimônio na plataforma do Fluig em: Iniciar nova solicitação > Patrimônio > Cadastro de Ativo;

É necessário preencher todos os campos e anexar o orçamento.


Será criado um número de item que deve ser usado na solicitação de compras, esse item é conhecido como “AT”, podendo ser virtual ou definitivo.


AT virtual e AT definitivo: diferença e importância

O AT virtual é um modelo de item usados como referência para criar automaticamente um número de AT definitivo no momento do lançamento da Nota Fiscal de Entrada. Porém não é compartilhado entre unidades, ou seja, não é possível utilizar o AT de uma unidade para fazer um lançamento em outra unidade.

Ele não deve ser usado para o cadastro no PIMS ou para qualquer outro uso no sistema, para isso deve ser usado o AT definitivo, que é de fato, o código do imobilizado cadastrado no SAP.


Como funciona o AT virtual?


No lançamento da nota fiscal de entrada, é capitalizado o valor no imobilizado e o sistema gera automaticamente os número de AT definitivo em sequência, de acordo com a quantidade existente na compra.

Lembrando que o código de AT não é compartilhado entre unidades!


Como verificar se o AT é Virtual ou Definitivo?


SAP – MÓDULOS > FINANÇAS > ATIVOS FIXOS > CADASTRO DO ATIVO


No SAP na aba de cadastro do ativo, quando a opção “item virtual” não está com o flag o ativo é definitivo, quando está com o flag é um ativo virtual.


PIMS E AT


Para itens que são cadastrados no PIMS, após recebimento do bem, devem ser cadastrados

informando obrigatoriamente o número de AT Definitivo e NF este bem no campo Patrimônio.




Obrigado e até a próxima matéria.






 

Para maiores informações, sugestões e elogios, enviar e-mail: contabilidade@grupolocks.com.br

Autor da matéria: Ronny Fixina














163 visualizações1 comentário

1 Comment


Parabéns Ronny. Excelente artigo, com uma explicação simples e objetiva. Muito obrigado pela contribuição.

Like
bottom of page